Divórcio

 

 

 

Ter um advogado especialista em divórcio faz toda diferença nesta hora, para que este momento delicado tenha um desfecho com o menor custo emocional possível.

Quando um casamento chega ao fim, não é fácil lidar com aquela situação que fragiliza a todos, sendo necessário, ainda, enfrentar a questão pratica do fim do enlace, que é o Divórcio .

Todas as advogadas da equipe são especialistas em Direito de Família e atuam em processos de divórcio consensual ou litigioso.

No divórcio alguns itens precisam ser resolvidos: partilha dos bens e alimentos devidos entre os conjugues e quando o casal tem filhos em comum, necessário resolver a questão da guarda, regra de convivência dos filhos com os dois genitores e os alimentos devidos aos filhos.

A questão da partilha dos bens é um assunto um pouco mais complexo, pois esta partilha dependerá do regime de casamento e da forma como os bens foram adquiridos.

O regime de bens legal no Brasil atualmente é o regime de comunhão parcial de bens, quando todos os bens adquiridos na vigência do casamento, de forma onerosa (bens recebidos de doação ou por herança estão fora da comunhão parcial), serão partilhados.

Os alimentos entre os conjugues é devido com ressalvas, ou seja, apenas por um período de tempo e em situação especifica, salvo quanto aos alimentos compensatórios.

Quando o casal tem filhos em comum, necessário a escolha da modalidade de guarda dos filhos, sendo que a guarda compartilhada é a regra legal, podendo ser afastada somente em algumas situações. Outra questão que deve ser resolvida é o esquema de convivência dos filhos com os dois genitores, sendo observado que o filho precisa de uma convivência equilibrada com os dois genitores, para que possa ter um desenvolvimento sadio.

Quanto aos alimentos devidos para os filhos, os dois genitores são responsáveis pelo sustento dos filhos, na proporção dos seus rendimentos.

Agende uma consulta para obter maiores esclarecimentos.

Abaixo algumas entrevistas que a Dra Sandra Vilela participou, com o tema de divórcio:

https://istoe.com.br/separacao-mais-justa/

https://www1.folha.uol.com.br/paywall/signup.shtml?

https://www1.folha.uol.com.br/fsp/equilibrio/52323-motivos.shtml

WhatsApp chat